terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Conceito pro Adeus

Não adianta mudar
Não adianta tentar
Não adianta correr
Não adianta fugir

Tudo voltará, tudo continuará do mesmo jeito
Nada fará diferença
Você não vale nada e nada vale pra você
Tudo que você queria era um pouco de paz um pouco de amor
Mas tudo que você recebe é só tapa na cara e sacanagem

De que adianta viver?
De que adianta correr?
De que adianta fugir?
De que adianta tentar?

Nada fará sentido
Nada mudará
Nada terá

Lutará contra a parede e sempre escorrerá sangue por toda parte

Faça o que queres
Desistir
Postar um comentário